Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Palamós, em Girona (Catalunha)

Palamós

Girona

Em plena Costa Brava, no litoral da província de Girona, situa-se esta localidade dotada de excelentes praias e oportunidades de lazer. O acidentado relevo costeiro proporciona tanto amplas areais como enseadas de águas transparentes entre as rochas.

Sua grande variedade de estabelecimentos hoteleiros acomoda todos os tipos de visitantes: desde aqueles que procuram um maior contato com a natureza até os que desejam instalações de luxo. A gastronomia, outra maneira de conhecer a cultura catalã, oferece excelentes produtos do mar.

Palamós é uma baía de fina areia que interrompe as falésias, principal característica da orografia da Costa Brava. Aqui é onde esta cidade está desde o século XII: um antigo povoado pesqueiro que hoje possui importantes instalações turísticas e de lazer. As praias, enseadas, instalações náuticas e o porto pesqueiro são as atrações principais deste município, embora o traçado medieval de seu centro antigo também não deva ser esquecido. Do vizinho maciço de Les Gavarres é possível ver todo o perfil costeiro e é uma excepcional paragem para praticar caminhada ou qualquer esporte em contato com a natureza.Praias e enseadasA variedade deste litoral proporciona ao visitante a possibilidade de desfrutar das agradáveis temperaturas da costa e das águas tranquilas das praias de areia fina. Quiosques, restaurantes e animados passeios marítimos rodeiam areais emblemáticos como a Grande Praia, a praia da Fosca ou a praia do Castell. Por sua vez, os que prefiram a tranquilidade e a água transparente de enseadas com fundos de rocha, ideais para o mergulho, desfrutarão da Enseada Margarida, Enseada S'Alguer ou Enseada Canyers. A primeira delas encontra-se próxima a um dos portos esportivos de Palamós e está cercada por alguns dos condomínios de luxo da região. As outras enseadas estão mais afastadas do núcleo urbano e estão rodeadas de pinhais que chegam até o mar.Os portos esportivos são animados pontos de encontro onde o viajante poderá desfrutar da linha marítima, das embarcações de luxo e dos requintados restaurantes. É também um bom lugar para contratar passeios de barco, alugar equipamentos de imersão ou praticar uma infinidade de esportes náuticos.O porto pesqueiro, ao pé do centro histórico, é a origem da cidade. Os iates convertem-se aqui em barcos e barcas de pesca que regressam a cada dia com peixes recém capturados. Vale a pena visitar o Mercado do Peixe, onde são leiloados e vendidos produtos mediterrâneos. O Museu da Pesca também aproximará o visitante a uma das atividades econômicas mais importantes do litoral do Baix Empordà.Gastronomia localEstes peixes e mariscos fazem parte da tradicional dieta mediterrânea, profundamente enraizada na Catalunha. Em Palamós se destaca especialmente o camarão, que se consume na chapa, cozida ou em diversos tipos de guisados. Ouriços-do-mar, lagostins, sépias e lulas combinam-se com aves de caça, bacalhau ou caracóis criando receitas a meio caminho entre a terra e o mar. Os vinhos da Denominação de Origem Ampurdán-Costa Brava são bons acompanhantes para estes suculentos pratos. Os restaurantes abundam tanto nos portos e praias como no centro histórico.Qualquer passeio pela cidade deve conduzir a interessantes monumentos como as igrejas de Santa Eugenia de Villarromá ou Santa María del Mar, no núcleo urbano. A Praça Murada e a Praça de El Pedró constituem os mirantes principais de Palamós, um sobre a baía e outro sobre o porto esportivo. Por sua vez, importantes restos arqueológicos iberos estão localizados na praia do Castell, enquanto o castelo medieval de Sant Esteve situa-se na praia de La Fosca.A Costa BravaAo norte de Palamós é possível visitar o povoado marinheiro de L´Estartit, de onde se pode organizar uma excursão às Ilhas Medes, Reserva Natural Submarina formada por sete ilhotas de imensa riqueza biológica. Para o interior espera o conjunto histórico-artístico de Pals, cujo traçado medieval transporta o viajante para épocas bem antigas. Caminho de Palamós, as ruínas do castelo de Begur do século XV podem ser uma boa parada, assim como o Parador de Turismo de Aiguablava, ao borde de uma falésia que se afunda no mar Mediterrâneo. Bosques de pinheiros até a areia compõem o sinal distintivo de Palafrugell, cuja visita nos mostrará o Jardim Botânico do Castelo de Cap Roig, a Igreja de Sant Martí ou a Fundação Josep Pla.O último setor da Costa Brava, ao sul de Palamós, mistura os portos esportivos com os pesqueiros e os condomínios estivais com os centros urbanos tradicionais. Assim, Praia d'Aro é um dos lugares onde você encontrará uma maior variedade de alojamentos, bem na beira da praia. Belos monumentos e algumas das instalações esportivas mais completas de toda a costa são as surpresas de Sant Feliu de Guíxols. E já na comarca de La Selva terá de parar em Tossa de Mar e Lloret de Mar. Praias e enseadas de águas cristalinas ao lado de interessantes centros urbanos onde abundam as possibilidades de lazer são alguns dos traços distintivos desta região.

O que fazer

Planos para inspirar-se


Agenda

Exposições, festivais, esportes...


Consulta alguns dos eventos mais relevantes que você poderá aproveitar no destino.