Travel Safe

Conselhos para viajar com segurança Últimas notícias
Fim de tarde em Roses, em Girona (Catalunha)

Roses

Girona

A antiga colônia grega de Roses estende-se entre o mar e a montanha, em plena Costa Brava.

Esta cidade da província de Girona oferece inúmeras praias e enseadas situadas entre falésias rochosas, onde o visitante pode praticar os mais variados esportes náuticos, assim como trekking nos parques naturais de Aiguamolls de l'Empordá e Cap de Creus, que ficam próximos. Por sua vez, o conjunto histórico-artístico da Cidadela exibe a estrutura de um conjunto defensivo renascentista na beira do mar Mediterrâneo.

Em um dos extremos do Golfo de Roses, entre o Cap de Creus e o maciço Montgrí, fica a cidade de Roses. As tranquilas águas deste porto natural já foram cobiçadas na época dos rodios, que instalaram nele uma colônia comercial. Os restos da cidade grega de Rhode, fundada no ano 776 a. C., o antigo bairro helenístico (séc. III a. C.), a vila romana e o mosteiro românico-lombardo do século XI fazem parte do traçado da Cidadela, declarada conjunto histórico-artístico. Esta fortificação militar foi construída por ordem do imperador Carlos V para repelir os ataques de piratas e corsários. O estilo renascentista da construção se deixa ver nas cortinas da muralha e na Puerta del Mar.A este mesmo período histórico (séc. XVI) pertence o Castelo Trinitat, edificado sobre a ponta de La Poncella. Sua planta conserva a forma de estrela de cinco pontas que era utilizada na época neste tipo de construção militar. A seus pés ergue-se o farol de Roses, um dos muitos existentes no acidentado perfil da Costa Brava.Zona urbana de RosesEm sua zona urbana também é interessante visitar a igreja paroquial de Santa María e a Casa Mallol. Esta última remete à estética modernista, como é possível constatar em sua fachada principal. Em seu interior conserva tetos ornamentais, elementos de ferro forjado e vitrais de artesãos locais.Enseadas de águas transparentes no meio de falésias e grandes faixas de areia com todos os tipos de confortos ou em estado semi-selvagem se estendem ao longo do litoral de Roses. Algumas de suas praias foram reconhecidas com o símbolo de Bandeira Azul, o que comprova a qualidade de seu ambiente. E nestes pontos estratégicos foram situadas áreas residenciais de luxo como El Salatar, Santa Margarida e Puig-Rom. Precisamente nesta última você pode visitar um castro visigótico do século VII.Restaurantes e bares com mesas ao ar livre estão instalados nos lugares mais bonitos da costa para você contemplar esplêndidas vistas panorâmicas enquanto degusta a cozinha regional. A salada de bacalhau (esqueixada), as verduras no forno (escalivada) e o xató (escarola com anchovas e bacalhau) são algumas das entradas. A combinação de mar e montanha chega também aos fogões na forma de pratos como frango com lagosta ou coelho com caracóis. Peixes e frutos do mar grelhados, guisados ou com arroz compõem outras saborosas receitas. Entre as sobremesas destacam-se a crema catalana (espécie de creme com açúcar caramelizado) e o mel i mató (espécie de queijo fresco com mel). Os melhores vinhos para este menu são os pertencentes à Denominação de Origem Ampurdán-Costa Brava.Espaços naturais e mergulhoAlém das diferentes atividades de lazer oferecidas no seu litoral e seu porto esportivo, é possível praticar outros esportes de aventura na serra de Rodes, que fica próxima, ou nos parques naturais de Aiguamolls de l'Empordà e Cap de Creus. A riqueza paisagística desta região permite admirar os últimos contrafortes dos Pirineus de Girona, falésias que se afundam no Mediterrâneo, e as lagunas e a fauna avícola de uma das maiores áreas alagadiças da Catalunha.A riqueza submarina da Costa Brava é outro apelo turístico. Barcos com visão subaquática, snorkeling ou mergulho são excelentes oportunidades para conhecer a grande quantidade de espécies de animais e vegetais que vivem nestes fundos.De Roses você pode percorrer boa parte da província de Girona e visitar lugares pitorescos como Cadaqués e Port de la Selva. Empuries conserva importantes descobertas gregas, enquanto, mais para o interior, em Figueres é imperdível uma visita ao Teatro-museu de Dalí, o mestre do surrealismo. Na borda de uma falésia sobre o Mediterrâneo está situado o Parador de Turismo de Aiguablava, um excelente hotel de quatro estrelas onde o visitante poderá descansar durante sua estadia. O vilarejo medieval de Pals, declarado conjunto histórico-artístico, e a cidade de Girona, com seu recinto amuralhado chamado Força Vella, são outras das excelentes possibilidades que esta região catalã oferece.

Não deixe escapar

O que visitar


Selecione na lista ou navegue pelo mapa para descobrir os pontos de interesse.

Não deixe escapar

O que visitar


Selecione na lista ou navegue pelo mapa para descobrir os pontos de interesse.