Este Web site utiliza cookies para assegurar a melhor experiência ao utilizador. Se continuar a navegar, consideramos que aceita a utilização dos cookies. Pode obter mais informação ou saber como alterar a configuração na nossa política de cookies




Vulcões adormecidos entre casas agrícolas e castelos




Localização

Comunidade autónoma:
Cataluña

Província/Ilha:
Girona

Girona


  • x

    Ecoturismo. Acreditação CETS (Carta Europeia de Turismo Sustentável) a determinados espaços naturais.


Entre os cumes dos Pirenéus e as magníficas praias da Costa Brava estende-se uma imensa zona de vulcões e lava, de crateras, cinzas e basalto que criam espaços de beleza infinita. Assim é a Zona Vulcânica da Garrotxa, um Parque Natural único na Europa continental, cheio de castelos, pedras com história e "masías" (casas agrícolas) centenárias que convidam ao descanso, mas também à aventura.

A pouco mais de 50 quilómetros da cidade de Girona elevam-se trinta cones vulcânicos, crateras, bosques de faias sobre rios de lava e espectaculares barrancos de paredes basálticas, fruto de explosões milenares. Percorrer os vulcões do Parque Natural da Garrotxa implica viajar a um mundo de fogo e cinzas, que esculpiram montes e paisagens assombrosos, com grande variedade de aldeias perfeitamente integradas num ambiente escarpado.

Esta zona vulcânica, única na Europa, tem a forma actual há 11.000 anos, quando se produziu a última erupção. Desde então, os vulcões permaneceram adormecidos, mas não totalmente extintos. Este património geológico está pejado de sendas, miradouros, caminhos, castelos, monumentos e igrejas, que surpreendem o visitante pela sua beleza.

O contraste de cores é impressionante. A terra ocre, as cinzas escuras e a lava petrificada misturam-se com bosques e prados de verde intenso durante a Primavera e o Verão. Além disso, o som da água está sempre presente, fluindo através de fontes e ribeiros transparentes. Passear pelas suas veredas, a pé, em bicicleta ou a cavalo, é uma experiência apaixonante recomendada a todos os públicos.

É obrigatório aproximar-se do vulcão Croscat, o mais jovem da Península Ibérica, com um corte impressionante que deixa a descoberto as suas fendas e estratos, admirar as ruas de Batet, uma pequena aldeia construída entre muros de rocha vulcânica, ou deixar-se seduzir pela espectacular Fajeda d'em Jordà, um imenso bosque de faias sobre lavas petrificadas, que desprende um odor de mistério e seduz quem o visita. São muitos os recantos à sua espera nesta zona da Garrotxa, como o vulcão Montsacopa, integrado em pleno centro urbano de Olot e coroado pela ermida de Sant Francesc, ou a pitoresca aldeia de Santa Pau, com a sua malha de ruas medievais. E, como é evidente, é impressionante contemplar a silhueta recortada da pequena localidade de Castellfollit de la Roca sobre o imenso barranco basáltico com mais de 50 metros de altura e perder-se pelas suas ruelas pouco transitadas e abertas ao abismo.

A partir do ar, estas sensações multiplicam-se. Admirar este ambiente privilegiado a partir das alturas, num balão aerostático, e observar como um pássaro os encantos de um dos espaços protegidos mais singulares de Espanha é uma fantástica uma aventura para crianças e adultos. Natureza e tradições, festas e gastronomia, excursões e arte. Tudo é possível na Garrotxa, uma comarca com uma grande variedade de tesouros ocultos que estão à sua espera no coração da Catalunha. Mais informação em: Patronato de Turismo de la Costa Brava Conselleria de Mediambient de la Generalitat de Catalunya Câmara Municipal de Olot





Imprescindíveis